domingo, 27 de dezembro de 2009

A vida vai ficando cada vez mais dificil diante do óbvio.

Queria escrever uma musica,
queria te reproduzir em lindas palavras.
Queria escrever um texto lindo e te fazer um poema,
 queria que você estivesse aqui,
 queria ver o seu sorriso sem graça,
queria passar o ano novo ao seu lado,
este mesmo ano que eu vou querer te perder.

Queria não ter te feito chorar
Queria não ter visto as lágrimas em meu nome
Queria enxugar seu rosto sem me sentir culpada
Queria não ter vergonha de dizer que eu te amo
Queria ainda te amar em 2010

Queria inventer verbo e sujeito
Queria escrever sem pensar em você
Queria sempre te encaixar nos pronomes
Queria te descrever sem rotular

Queria que 2010 não chegasse
e que meu amor não esvaziasse
*

O futuro é tão óbvio. Tenho vontade de vomitar.




4 dizeres:

Marcel Hartmann disse...

Que junk a última frase.

Queria que você me beijasse até eu descobrir qual pasta de dente você usou antes de vir se encontrar comigo.

Jack Sk. disse...

Bonito isso, heim. Sério mesmo.

primaverasdesetembro disse...

mas esse nosso amor é tão passageiro..

óbvio que o tempo acaba antes mesmo de se falar em futuro, o que não é óbvio é Por que se vai?


Flores, linda.

mvizquierdo disse...

Tão pós-moderno, amores líquidos.