terça-feira, 7 de julho de 2020

Lista de coisas que me fazem acreditar nos seres humanos e os cinco sentidos:

Lista de coisas que me fazem acreditar nos seres humanos e os cinco sentidos:

Cheiro de chuva
Mato
Cheiro de mato depois da chuva
Batata
Batata frita e ketchup
Batata frita cheia de Ketchup

O abraço que eu vou dar na minha vó
a voz da minha sobrinha que nem sabe falar direito mas tem a melhor fonética para os ouvidos dos adultos que as vezes não sabem escutar, ou ouvir, ou os dois.

o sol quando encontra nossa pele
nossa pele quando encontra o sol
nossos pés quando encontram a grama que encontrou o sol depois da chuva

o gosto das bocas, o toque dos abraços e o abraçar das bocas
o sono depois do gozo
melhor ainda, o descansar depois dos prazeres
terminar gozo abraçando corpos, beijando bocas
ou sozinha mas sem se sentir só

Ver amigos depois de muito tempo e ainda ter intimidade
ter intimidade
amar a sua intimidade, seu íntimo.

Azul
mares, oceanos
mergulhos
mergulhar em mares, oceanos, lagos, lagoas e cachoeiras
mergulhar em pessoas enquanto elas contam do que gostam

tesão
gargalha e céu
letra minúscula
e o desenho nas nuvens
lua cheia todo mês
sol mesmo em céu branco
bilhete de despedida
e mensagem de texto

Tragos bem dados, músicas apresentadas
e filmes nacionais

Puxar o ar e ele vir
Vir e ficar
ou ir, se precisar

Saudade sentida
Saudade matada
Saudade do que não volta e saudade do que nem viveu.


Se de mo rar em gramas e sol na pele e banhos de chuva ou de mar

Dormir pesado e acordar suada

não ter final para esse texto
o fim é você pensar, o que te faz acreditar na gente?





terça-feira, 30 de junho de 2020

Uma paciência selvagem me trouxe até aqui

quando essa porta se abriu eu fui feliz, eu nunca tinha sido feliz.

a gente precisa do outro.

Seja feliz o mais rápido possível

Mais feliz do que infeliz, aqui tá abolido o equilíbrio.

Não tem letra pra eu caber.

Não se planeja o ser

Nessa quarentena eu mudei mais que o céu.

pensando bem o céu nem mudou tanto assim, da sempre pra enxergar
um por do sol bonito
no fim
(de tarde)

E se ficar nublado e branco é perfeito pra eu desenhar.

Deixar o cabelo crescer

Eu sempre tive dificuldade em esperar e tudo que se deixa tem seu tempo de espera.

Jana

É louco como nosso mundo se encontra.
E vai tá sempre se encontrando, seja na memória, seja num céu de fim de tarde, alguma música ou "roupa".

E toda vez vai ser meio Divertidamente; sorriso e felicidade lembrar e uma ponta de saudade meio triste sorrindo.

Como você diz "que atravessamento", né não?


quinta-feira, 25 de junho de 2020

o tempo dos seus olhos

eu gosto muito do jeito que seu universo gira, como você enxerga o agora sem pressa.
eu gosto do seu cheiro, do toque do seu cabelo no meu nariz, do formato das suas costas, e do formato do mundo que só você enxerga.
Você é brisa boa de gente sóbria, brisa de quem sabe viajar respirando, tem técnicas e imaginação pra isso.
mas o que eu mais gosto mesmo é do seu olhar, físico e empírico, não há tempo que me faça esquecer seus olhos azuis claros me olhando, se abrindo, se fechando devagar, se molhando. E, mais lindo de tudo, saindo debaixo d'agua, se misturando com as texturas e os movimentos de todas as águas que mergulhamos juntas, mesmo quando não deu pé.

eu quero passear e te encontrar, por acaso, mas não esse acaso que e gente não sabe de onde vem.
Um acaso combinado já que a gente pegaria o mesmo ônibus eu seguraria sua mão, te encaixaria entre os dedos, quem sabe até nesse acaso a gente não saísse da mesma casa?
Acaso de filme romântico, mesmo a gente abolindo essa palavra esse termo e tudo que vêm com ele, tem coisa que é ruim até existir na nossa realidade
e
naquele momento
existe, por acaso.