quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Pequenos Poemas.

Bolinha Azul.

Tomo esse comprimido
Me deito
e depois vomito.

Está
No nó das paixões,
Sem ação
Não quer dizer
que não está

coração

Garoto esperto
Ele é um apologético
tem mestres
e ás vezes
é patético

Confortável.
Estou em êxtase impar.
só eu vivo
só eu sinto
só eu vejo
só eu e minha dor
de viver
não a vida
mas você.

3 dizeres:

Francimare Araújo disse...

A última foi tudoo!

Marcel PH disse...

A última foi a melhor!

Rods disse...

Poxa, continue escrevendo bastante. Quanto mais você escreve, mais eu gosto de ler. :B
Poste pelo menos uns 15 por mês, mantenha essa média.
A última parece ser o mais cabúnico. (inventei essa palavra, acho)