sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Ciente [sufi-auto]

Eu não sou "autosuficiente", nem nunca vou ser.
Eu nem sei se "autosuficiente" é assim que escreve. Auto é pessoal, eu por eu mesmo.Ciente, é consciencia, o saber.Eu não sei de mim. Me perdi em mim.Nem sei quando vou voltar.Também não sei de quem preciso.O suficiente é ruim, pois gera conformidade.
Isso é suficiente.O que é suficiente? O ruim do suficiente é que ninguem nunca sabe o limite.O que é suficiente para uns não é para outros.O que resulta na cobrança.E a cobrança é sempre a primeira frase das discussões.
eu não sei, mas isso me parece  suficiente.

4 dizeres:

Francimare Araújo disse...

Eu sou auto-suficiente em amizades!

Francimare Araújo disse...

e não importa como escreve, é suficiente não saber...

Marcel PH disse...

dá pra ver hoje em dia que as pessoas costumam sempre mostrar-se autossuificientes, pq algm autossuficiente passa a ideia de que é invulnerável, já q num depende de nada pra ter sua realização pessoal. só que se vê q é impossível ser assim, pq a gnt sempre acabando dependendo dos outros pra alguma coisa. talvez aí esteja a falha no budismo. ou no ser humano.

Rods disse...

Não vivemos de petróleo, então acho que somos miseráveis mesmo.