quinta-feira, 22 de abril de 2010

"Tudo mundo adora uma boa mentira"

Todo dia a vida é uma apresentação. AS cortinas abrem e a gente se mostra, a gente age para as pessoas
verem.Somos o real, mas o que é real? O que as pessoas fazem tem sempre sentido?Por que quase tudo tem resposta? Questionamentos, segundo Sócrates, é a melhor forma para descobrir, mas quais questionamentos não são banais?

Pra onde tenho que ir? Que direção olhar? Quem amar? De quem cuidar? Em quem eu acredito? Deus existe?
Perguntas, perguntar...
Para essas perguntas há estudos, suposições e opiniões. Há conceitos, há mentiras e há especulações. Eu realmente não sei em quem acreditar vocês me deram muitas versões de uma história só e ninguém me ofereceu provas, só palavras, que muitas vezes são vagas.
Eu minto pra dizer a verdade. Eu me irrito quando digo verdades. Eu conto várias versões de uma mesma história, eu conto para mim o que eu já vi. Quem é você? Que merda de pergunta é essa? A resposta é só uma: Um mentiroso. Porque as pessoas mentem para parecerem algo e ninguém é exatamente aquilo que é, e não Leminski, ser o que verdadeiramente é não vai me levar a alem.Eu regredi por amor, eu regredi por sentir dor, perdoei o que não perdoaria, deixei as pessoas me enganar por ter determinado afeto, isso faz de mim mole.
Tá tudo bem, foi só um surto.
A mentira é o vicio de estar sempre num sonho e dizer aquilo que querem ouvir, porque falar a verdade dói e as pessoas não agüentam muita dor.

"Tão estranho carregar uma vida inteira no corpo, e ninguém suspeitar dos traumas, das quedas, dos medos, dos choros. "

(Caio Fernando Abreu)

2 dizeres:

Rods disse...

Vou discordar. Não sei porque, mas vou.

Raphael Trew disse...

Não são as respostas que movem o mundo mais sim as perguntas.

Quanto mais distante a pessoa maiores as mentiras, manter as pessoas perto de nós nos obriga a falarmos a verdade, pois elas saberão que estamos mentindo.