segunda-feira, 7 de junho de 2010

Junho.

Sentidos.


De tanto silencio
meus olhos gritaram
só falta alguém escutar.



Meio
Metade, sem idade
inteira, ou começo
metade , não raridade.

TV e você

Em todos esses canais nenhum filme que eu num tenha visto, nenhum capitulo inédito, tudo é sempre igual, uma fórmula para enfeitiçar os tolos.

"Poetizando"

Sonho de poeta
é sempre estar sofrendo de amor
Poucos poetas sabem escrever
sem dor.

Sonho de poeta é sempre perder
como se já não perdesse
para os poetas é muito difícil ter.

Todo poeta conhece um lugar
só dele
Nenhum poeta escreve poesia
sem lar
sem ler.
Os poetas sabem perder.
Ter e perder
te faz poeta.

Porque é fácil ter a mesma dor quando o assunto é amor.

Desculpe

Sou assim de rimas fáceis
de tardes ensolaradas
escrevendo o por do sol
disfarçando faces
sentindo e
mentindo.


Ah, o gerúndio.
Seduzindo
Traduzindo
noites indo.

10 dizeres:

liviadibartolomeo disse...

Poética como sempre! Adoro

sarah disse...

sodomizar poesia, e imaginar os fatos
mas nunca deixá-los pra trás...

Raphael Trew disse...

Os poetas amam amar, pois nela mora a alegria de viver se chama sofrer.
Rimas bobas, esconde o real sentido das palavras.

Rods disse...

Metade é aquilo que eu não comi toda.

βya disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
βya disse...

que perfeito adorei teu blog;*

Raphael Trew disse...

A dor não chega a ser a pior coisa da vida, pois nos lembra que ainda estamos vivos.

Marcel Hartmann disse...

Poeta gosta de sofrer para ter do que falar hahah

José Sousa disse...

Fiquei deslumbrado não só com seu blog, como também pelas suas postages, maravilha!!!
Conheça os meus em:
www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração do tamanho do mundo.

priscilla disse...

"Porque é fácil ter a mesma dor quando o assunto é amor."

e como!