terça-feira, 1 de junho de 2010

eu assim, você em mim.

Está tudo dentro demais de mim., há um pouco de silencio ,porque fica tudo assim,me consumindo,me remoendo.me tendo,sem me deixar fugir
Eu já decidi que não queria mais te sentir, te coloquei numa caixa vazia e te deixei no canto do meu armário, o que eu  num percebi é que a caixa ainda continuou vazia, porque eu nunca te tirei de lugar nenhum dentro de mim para te colocar dentro disso.Eu nunca te coloquei para fora.Eu queria te vomitar, num é possível que meu organismo não perceba que você não me faz bem.Você nunca fez, nem na época que queria fazer.Acontece que eu te admiro, que eu ainda te acho interessante e eu ainda quero te ouvir, o problema é que eu num sei separar, eu num sei me separar, eu não sei separar você de mim.

4 dizeres:

Raphael Trew disse...

O coração se acostuma, quando os olhos não deixam de olhar.

Marcel Hartmann disse...

Não dá pra se separar quando se se apega à parte da nossa parte.

Rods disse...

Decantação, peneiração, destilação, flotação, sublimação, filtragem... é tudo química. Somos humanos, não separamos porra nenhuma.

Raphael Trew disse...

O coração não esquece, apenas continua batendo.

Tem um selinho para vc no meu blog !!!!!

Até !!!!