quarta-feira, 24 de março de 2010

Sobre a quarta-feira

Dança comigo
 Indo e voltando
Você é mola
Me querendo e me repulsando
Você é mole
Meu agora e meu depois
Você é meu

Penso
penso
penso
Tenho preguiça
penso
Penso
Tenho preguiça
Penso
Penso
Peno
penso
penso
Penteio
Penso
Penso
Durmo pensando
Penso
Penso
Não tenho fome
Penso
Penso
Em você

No fundo
Meu amor, tem um jeito só dela de me olhar,
sem me ver.
Tem um sorriso na contramão pra me amar
sem me querer

Assim,ó
é bonita
quando me ama
e feia quando
me ganha


Dentes
Sorriam!E depois abram as cortinas para que a língua encontre um semelhante.

6 dizeres:

Raphael Trew disse...

Somos meras sombras olhando para o sol que se aproxima, nao nos enxergando, pois nao aguentamos a sua luz e desaparecemos antes de sermos vistos.

sarah disse...

As vezes é inevitável não pensar, certo?
mas ao mesmo tempo é tão bom !

Moniky disse...

pensar... Talvez seja isso que muitas vezes impede de tentar algo, de tentar fazer ser intenso cada momento. É pensando que a gente acaba desistindo. Mas pensar é tão preciso...

Ótimo blog. Te sigo.
Se poder, passa no meu e comenta:

http://ultimamentira.blogspot.com/

OBRIGADA!

Emerson disse...

Ûou... você é uma poetisa incrível. Caramba, como você escreve bem.
O que eu não consigo escrever em poesias, você escreve.
Tem uma simplicidade enorme no que escreve. Mas o simples é tão bom.
Caramba! Sou teu fã

Marcel Hartmann disse...

"Penso" é o que mais tem a ver comigo, no momento. Super careta da minha parte HAHAHA

priscilla disse...

"Meu amor, tem um jeito só dela de me olhar,
SEM ME VER."


é o que mais acontece..olho tantas pessoas sem vê-las..