quarta-feira, 17 de março de 2010

Esperando alguem ler

O problema das pessoas é o tempo que elas perdem pensando em outros dias, o tempo que elas perdem com contagem regressiva, ou pensando que podia chegar logo sexta feira, essa ansiedade de esperar um prazer, mais que isso, de depositar a vida num prazer futuro. As pessoas vivem, (no sentido do verbo mesmo de viver a vida) pensando em outros dias. A verdade é que ninguém sabe viver o presente. O próprio mestre Nietzsche dizia estar na época errada, vivendo um momento errado, mas tinha consciência disso e preparou ensinamentos para nós os “incomuns”.

Uma visão mais socrática disso, é de se viver algo que nem sabemos o que é, mas somente viver. Eu faço isso, eu coloco meus prazeres para o futuro, conto dias e horas.
Vai dizer que você nunca dormiu para o tempo passar mais rápido?
Isso de esperar o dia passar transforma a gente ainda mais em robôs, come, dorme, trabalha, estuda e ESPERA. Esperar a sexta feira,o sábado , o domingo, o dia do aniversário, o natal, a páscoa, a festa, as férias,...Espera um escape dessa vida de rotinas, mas a verdade é que todo mundo depende de rotinas. E isso é um circulo vicioso, em que as pessoas vivem “rotinamente” esperando um escape de tempo ou de tarefas.Uma brecha nas obrigações, um tempo para o amor, um tempo para amar, um tempo para reparar nas outras.Esse cara que senta no computador ao lado no seu serviço, olha para ele, repara que ele cortou o cabelo, elogia, repara mais no momento, esquece de lembrar que daqui 15 minutos é o almoço.
Olha para sua mãe hoje e repara como essa cara de brava parece com o sua, sem esperar para discutir com ela, quando ela reclamar do seu tênis na sala.
Surpreenda com um pouco mais de humanidade!E pare de esperar.

5 dizeres:

nanananananá disse...

dignissimo, te juro

Emerson disse...

O que deve ser feito, é viver no modo "carpe diem". Aproveitar tudo o que lhe é oferecido. E tentar fugir do comodismo que nos cerca e impõe que nós devemos viver nos baseando no futuro e no passado. Isso é importante, ser museu e vidente, mas é preciso viver, Viver cada momento único, mesmo que seja difícil

sarah disse...

Se jogar, arriscar, sentir sensações extremas as vezes nos faz acordar de um mundinho que achamos que vamos sempre viver .

ótimo texto,
precisamos acordar !

Marcel Hartmann disse...

Acho que isso foi um ensaio? Ou não. Talvez. Mas foi muito bom, nem ficou autoajuda.

*
Na real a gnt não se contenta com o que tem, e por isso sempre pensa no que vem. Isso também pra quem tem tudo, não só pros que não têm nada.

Rods disse...

Devo colocar os calçados na sapateira?