segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Eu não sei mais me divertir por aqui.

Eu não sou objeto e muito menos sou brinquedo.Eu sou algo para cuidar, mas você não sabe o que é afeto, você só quer a atenção que eu não posso te dar.
Você quer tudo que eu não posso te dar e eu não posso mais viver nessa contramão de ideias, de sentimentos não recíprocos.
Isso é só mais uma história de alguém que ama demais.
Mas amar não é suficiente, a gente precisa de amor. E isso... nossa... e isso é bem mais difícil de acontecer.

2 dizeres:

priscilla disse...

"mas amar não é suficiente, a gente precisa de amor."

seria tão melhor se "amar e amor" fossem obrigados a andar sempre juntos,não é?

Biscoito disse...

pra alguém que é sempre carente de amor como eu, ler um texto bem escrito sobre tal é uma das melhores coisa que existe :B

sempre bom descobrir novos blogs hahah