segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

De pedra

Sou
Sou algo sem métrica
sou pós-moderna
Sou algo sem aritmética
sou uma incógnita
Sou um ponto de interrogação
no meio de uma palavra
Sou um problema sem correção
resolvido a mão

Verbo se(u)(r)
te amo
te beijo
te abraço
te sinto
te tenho
te faço em verbos e esqueço de me fazer.

De manhã
acorda e me olha
agora sim
terás um bom dia

Assim

Eu (não) tenho certezas
Sou um con
junto de duvidas
vivo sem dor
Sou deus
e
diabo
eu tenho o bem
e
mal
e
por você
a
cabo

2 dizeres:

Rods disse...

Eu me faço em substantivos. Isso nos faz gramaticalmente diferentes?

Marcel Hartmann disse...

Você é modernista.