terça-feira, 10 de maio de 2011

Não vou descrever o que foi escrito ou/e vivido.



 
-Todo coração é semente.
 
Se mente?
Você pode me nutrir daqui pra frente

Eu tenho aqui
Todo o nosso abrigo
Pra gente viver 
O distinto
E florescer 

Os sentimentos
meus, tão seus.
Enraizando a saudade
e abrindo portas
com as veias aortas.

O nosso carinho, cresce de pouquinho

Nossa semente 
Cresce na semelhança
Pulsa.
Sua mente me expulsa 
e seu coração me pulsa.

1 dizeres:

Rodolfo Licks disse...

Outro dia eu parei pra pensar o que é poesia. Melhor parar pra pensar no que não pode vir a ser. Ainda assim é difícil.