quarta-feira, 27 de abril de 2011

Ver um rosto muito perto.

É curto, é verso
Amor, nosso amor é poesia.
Briga e descaso

Nosso amor te doí
Eu não chamo de amor
Mas sei que me constrói

(Me) Cresce, (me) sobe, (me) derrota e (me) ama.

Nosso amor não é amor, mas é tão mais legal brincar de amar.

Eu quero viver por inteiro tudo com você, viver de forma intensa. Que a gente não se arrependa. Viver bem até quando você me pede para ir embora. E até você ir embora.Quero sofrer achando que você não me quer mais ou não quer tanto assim. Quero você deitada no meu colo e sentir todas as partes do seu corpo no calor do meu. Quero de cabelo desarrumado e mais ainda te ver penteá-los para mim.  Quero você no centro do meu egocentrismo e segurar dois segundo suas mãos até que você reclame sobre qualquer coisa e resolva me soltar. A verdade é que eu quero todos os seus "querer", porque eu já não mais quero, eu preciso. Eu sempre (te) precisei.

2 dizeres:

priscilla disse...

Belíssimo,Belíssimo,Belíssimo.

Thay .-. disse...

Que lindo!
eu realmente amei.
Parabéns! :)